Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.

             Mestre Bimba
              (1900-1974)



Manuel dos Reis Machado nasceu no bairro Engenho Velho, na Freguesia de Brotas, Salvador Bahia, a 23 de Novembro de 1900, filho de Luís Cândido Machado, conhecido como um grande batuqueiro, e de Maria Martinha do Bonfim, crioula de Cachoeira. O apelido "Bimba" foi ganho logo quando nasceu, fruto de uma aposta feita entre a mãe e a parteira, pois a mãe pensava que seria uma menina e a parteira um menino.
Casado, com 10 filhos e graves problemas financeiros, Mestre Bimba deixa Salvador e vai para Goiânia pensando ter mais reconhecimento. Um ano depois de deixar a Bahia, morreu aos 74 anos, no dia 5 de Fevereiro de 1974 após ter sofrido um derrame cerebral. As academias da Bahia ficaram fechadas durante sete dias em homenagem ao Mestre Bimba.
Iniciou a capoeira aos 12 anos, com o africano Bentinho, capitão da Companhia de Navegação Baiana. Com 18 anos começou a dar aulas no bairro onde nasceu, e em 1928 juntou a capoeira angola com a luta do batuque, criando a capoeira regional, uma capoeira com mais golpes. Na altura a introdução de novos golpes na capoeira não foi bem recebida pelos capoeiristas, gerando uma polémica. Mas rapidamente a sua capoeira ganha fama em todo Brasil. Em 1932 fundou sua primeira academia "Centro de Cultura Física e Regional" e em 1937, a capoeira regional era oficialmente reconhecida e registada pelo governo. Em 1939, e durante três anos, Bimba ensina capoeira regional no quartel do CPOR "Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Exército.". Criou a sua segunda academia em 1942 e a 23 de Julho de 1953, Mestre Bimba mostrou a sua Capoeira Regional ao presidente Getúlio Vargas, no palácio da Aclamação em Salvador, com esta exibição a capoeira foi legalizada.